Testemunhos


"(...)Demorou algum tempo para que o teu livro passasse pelas mãos de toda a equipa, mas voilá ! E de Norte a Sul todos ficámos maravilhados: pela ideia, pelas palavras, pela ilustração, pelos narizes, pela ternura…Muito, muito, muito obrigado!!!!!
És linda, e o teu amor pela tua arte e pelas crianças transborda! Que orgulho fazer parte desse mundo!(...)"


Obrigada Doutores Palhaços - Operação Nariz Vermelho

------

Eu e a minha pirata (7 anos) jogámos o livro como um jogo de enigmas e fomos desenrolando a atividade de forma bem divertida. No fim ela descobriu a palavra Esperança e teve um "choque" quando percebeu que se pode ler "ao contrário"!
O comentário final foi avassalador....
"Eu sou a Esperança?!? Mamã...ADOREI LER... Este livro é muito inspirador... tenho que ir ali fazer um desenho de um arco-íris porque me apetece ter muita cor!"
Esta  foi a opinião dela, uma criança  muito vivaça que adora desafios. Só ainda não ganhou coragem para recortar o arco-íris (fez o dela) porque os livros são uma espécie sagrada... têm que ser tratados com muito carinho!
Um grande beijinho de cada uma de nós

Obrigada Bárbara (Mãe)

------

Quando fui buscar a S. (5 anos) ela disse-me que tinha um livro para lermos juntos e que a Rita Correia tinha ido à escola. “Gostei muito” da Rita e da história. Logo ali achei extraordinário o simples facto de que ela quisesse ouvir novamente uma história que tinha ouvido há tão pouco tempo. Nem me deixou sair do carro, quando estacionei à porta de casa. “Pai, podes ler-me a história aqui?” 

Obviamente que lhe fiz a vontade. Os livros, a leitura e a entrada nos mundos mágicos a que eles nos transportam, devem ser lidos, degustados. E por essas razões, devemos ler com eles. E ler muito! Não há tecnologia que substitua um bom livro!
À medida que fui lendo o livro, a S. foi-me mostrando as personagens. “Pai, vês como as mãos da menina estão ligadas ao corpo na outra página?”; “A menina dos óculos é a filha da Rita.”
Com estas informações, foi a S. que me “leu” o livro. Eu apenas “usava as palavras”.
No fim, descobrimos juntos qual a mensagem que ele queria transmitir. “Esperança”.
“S., o que é a esperança, sabes?” – Perguntei-lhe.
“Sim, pai. Esperança é acreditar que vão acontecer coisas boas. Acreditar que não há guerras.”
Acabamos a leitura e fomos para casa. Quando chegamos, qual não foi o meu espanto, quando ela foi a correr ter com a mãe, com o livro na mão para que a mãe lhe lesse novamente a história. Fiquei espantado. Deu para perceber que tinha gostado do livro.
Os três em conjunto, ao colocarmos o livro em contraluz, percebemos que na capa se consegue ler a palavra “Esperança”. Muito bem conseguida essa ideia!
Resta agradecer à escritora Rita Correia pela sua participação e parabeniza-la pela excelente obra que tanto cativou a nossa princesa. E agradecer à Xinha e à Teresa, por mais um excelente trabalho. PARABÉNS a todos! 

Obrigada Luís (Pai)
------

Rita... recebi e adoro!! Adoro mesmo!!! Tenho de arranjar coragem para o recortar e montar o arco íris... Tenho uma paixão enorme por livros. São tão preciosos para mim... confesso que, as vezes, até me custa emprestar. Uso com muito cuidado de tão especiais que são... Este será mais um que vou cuidar muito bem... parabéns! É incrível... adorei o texto, a ilustração... tudo! Muito obrigada. Que nunca nos falte esperança! Um beijinho. Até breve.

Obrigada Esmeralda (via Facebook)
------

Um livro inigualável, uma história tão rica quanto simples e ilustrações repletas de segredos para descobrir com o coração na ponta dos dedos. Atrevam-se! Vale tanto a pena!

Obrigada Rosália Caneparo (Mãe)
------

Mais uma vez os meus sinceros parabéns ...... adorei os dois livros. Um livro que incentiva a partilha e outro que nos encaminha para a esperança .... e o que ela representa na vida de cada um de nós.

Ambos didácticos e o uso duma linguagem simples que nos coloca numa "viagem" por sentimentos e emoções do nosso dia a dia.
Continue ...............

Obrigada Ana Pinheiro (Mãe)
------

(...) tenho de dizer que a minha filha (de 3 anos) adorou o seu livro. Saboreou cada uma das ilustrações, aceitou todos os desafios e, de vez em quando, lá vai falando, mesmo quando não está a ler o livro, de alguns pormenores. :)

Parabéns, Rita, por ter conseguido construir um livro/objecto/inspiração tão bonito e impulsionador. Até para os adultos, que de vez em quando precisamos de resgatar a esperança na borda do sorriso."

Obrigada Ana Luísa (Mãe)
-------

Já recebi os livros que são uma verdadeira delícia. É com o coração e do coração que saem palavras e ilustrações tão bonitas e de tanta sensibilidade. Estes dois livros tão ternurentos vão promover descobertas, suscitar muita curiosidade e fazer sonhar os meus lindos meninos.

Obrigada e continuação de um excelente trabalho.

Obrigada Ana Fresta (Mãe)

-------

Queria apenas agradecer as maravilhas que a Rita consegue criar.
As ilustrações são maravilhosas (só me apetece fazer delas quadros e emoldurá-las pela casa fora), mas acima de tudo os valores que os livros transmitem são verdadeiramente cruciais nos dias de hoje, e facilitam muito a sua abordagem com as nossas crianças.

Neste momento, com a minha filha, estou a fazer um "tour" do "Um livro para ti", pelos amiguinhos dela, e cada um deles escreve uma frase no livro depois de o ler. Está a ser muito giro.
A palavra mistério (em "O Meu Nome é..."), permitiu-nos falar dos nossos sonhos, aqueles que são mais imediatos e concretizáveis, e aqueles em que podemos e devemos continuar a acreditar, mas que são mais difíceis de alcançar e poderão levar mais tempo.

Enfim, os seus livros permitem-me ter momentos de total partilha, comunicação e Felicidade com a minha filha… e a vida é feita da soma de momentos como estes :)

Estou ansiosamente à espera da sua próxima criação, mas sei que para ser assim tão maravilhosa, deve demorar o seu tempo :)

Obrigada Vânia Peixoto (Mãe)

-------

Recebi-o há 3 dias e li-o de uma vez, ainda dentro do carro. Achei-o fabuloso!

À noite explorei-o. Gostei imenso das rimas, das cores, das pistas para a descoberta. Acho que vou conseguir levar as crianças de 5 anos até à descoberta do nome da menina e das abelhinhas escondidas. Eles adoram isso.
Desejo-lhe todo o sucesso, de coração... e acho mesmo que, com pessoas como a Rita, jovens, talentosas, persistentes, que não se deixam levar pela (des)Esperança, o nosso lindo país ainda tem futuro, cá dentro.
Obrigado por estes dois trabalhos. Vou ficar atenta e à espera do próximo.
Um grande beijinho para si e as suas inspirações (filhotes)

Obrigada Lurdes Encarnação (Professora)

-------

"O meu nome é" aquele livro que nos enche do nome que é feito!

Obrigada Elvira Cristina Silva (Professora de Educação Especial, Formadora APEI)

--------

(...) Realmente é uma alegria poder folhear os seus livros. Para além de serem uma viagem à nossa imaginação através dos sentidos, é também um reencontro com a pureza e a sensibilidade das crianças. De facto tem tudo a ver com o nascimento de um bebé. Cada página é sinónimo de magia, de entrega e de esperança. (...) 
Seria uma honra divulgar esta sua obra junto da nossa comunidade escolar.

Obrigada Sofia Rosa (Professora Centro Helen Keller)
---------

O livro é simplesmente delicioso.. Falar desta palavra a crianças, mas que desafio! E acho que está plenamente conseguido :) muito bom, mesmo! Tenho a certeza que os meus meninos vão adorar iniciar o próximo ano letivo com este cheirinho a esperança, tal como adoraram aventurar-se nas viagens de "Um livro para ti" que levaram para suas casas para lerem com as famílias.

Obrigado pelo seu trabalho e por continuar a provar que as coisas importantes são simples de serem transmitidas aos outros ;)

Obrigada Ana Montenegro (Educadora)

-------

«...
RITA, "O TEU NOME É..." pérola, sabias? Sim, é isso que ele significa. E tu és de facto uma pérola no universo da literatura infantil. 
Podias ilustrar apenas os livros dos outros e isso tu também fazes com uma mestria só tua, mas tu fazes mais: dás-te inteira, como só os grandes artistas fazem, neste teu segundo livro e deixas a vida de todos nós mais bonita, verdadeira e iluminada na certeza de que o melhor está para vir.
Escreves, desenhas, pintas, desconstróis e ajudas a construir um mundo melhor para todos nós, sublinhas as palavras mais importantes do dicionário de uma criança, recortas, brincas, colas, jogas, encantas e aqui... até cantas! 
Não pares, por favor, até que os olhos e as mãos te deixem porque o imaginário dos mais pequenos precisa urgentemente de ti e da tua generosidade criativa. E quando te sentires cansada continua a fazer bonecos nas histórias que contares aos teus filhos, sobrinhos, netos, bisnetos... pois tenho a certeza que eles farão eco das tuas obras, pelo legado que lhes estás a deixar. Como "UM LIVRO PARA TI", o teu primeiro livro, demonstrou e bem: tu colocas a tua arte e os teus dons ao serviço dos outros e é isso que te torna tão especial. Partilhas com todos nós a pérola que és em cada rabisco. 
Dizem que "enquanto há vida há ESPERANÇA!" Eu desde que te conheci que também digo: "enquanto há RITA, há ESPERANÇA!".»

Obrigada Mafalda (cronista, promotora de cultura, voluntária em projectos de solidariedade social. comunicadora nata...)

----------

"...tenho a dizer-te que adorei! Não sei se não gostei ainda mais do que do "Um Livro para ti".
Em termos gráficos está fantástico e a mensagem muito, muito bonita!
(...) os selos estão muito giros! Ainda não imprimi mas é o passo que se segue!
Ah, e adorei a ideia do arco-íris!
São livros como este que tornam a biblioteca do G. tão especial!
Obrigada e continua sempre com esta criatividade e energia.

Obrigada Maria João (Mãe e apaixonada por livros - ilustrados e muitos outros)

----------


Obrigada Maria (6 anos, estudante do 1º ano, aprendiz na descoberta da maravilha da escrita de opinião)


------

"...pego nas páginas do livro da Rita e folheio a sua beleza, detalhe e mensagem cheia do nome em forma de adivinha.
Ainda tenho Esperança que um dia as pessoas que não precisam de palavras redondas, de clichés, de instragrams, de blogues que promovem roupa, família, crianças, dietas ou receitas, de frases feitas e mantras tenham o devido reconhecimento. Tenho Esperança que o mundo não seja apenas das pessoas fancy e trendy por fora e mal acabadas por dentro e que o rei que vai nu deixe de ter gente a aplaudir as suas vestes. Afinal de contas, a Esperança, dizem, é a última a morrer."

Ver o texto completo aqui: 
http://deixaentrarosol2.blogspot.pt/2014/06/esperanca.html

Obrigada Margarida (Mãe, Escritora, fotógrafa, sonhadora, milionária de afectos...)

-------

"Os teus livros são o espelho do teu Eu interior. E eles, como tu são LINDOS.
A E. (10 anos) levou o teu livro hoje para a escola para o apresentar, e leu-o para os colegas. Até projectaram todos os pormenores com a câmara do I-PAD"

Obrigada Tânia (Mãe, Produtora, sonhadora, lutadora...)

-------

Sem comentários:

Enviar um comentário